O NÉON é um material disponível, uma escultura a realizar….

O NÉON  é um material disponível, uma escultura a realizar

O Néon é uma invenção extraordinária, dado ser um elemento de escrita em que é o seu

próprio suporte. Escrever com a luz irradiante néon, foi desde logo um desafio e um

fascínio que o francês Jorge Claude ( 1907 ) soube resolver ao adquirir a patente de

um eléctrodo de alta resistência à corrosão, o que lhe permitiu a industrialização e massificação do néon enquanto material de iluminação e de anúncios publicitários.

 

No entanto será no Novo Mundo, onde a dinâmica da concorrência e a euforia do luxo

resultante da nova riqueza empresarial, que o néon irá encontrar um suporte e uma utilização que irá se tornar num dos seus símbolos irradiantes em Las Vegas ou Los Angeles.

 

O néon conhece assim, um percurso de apoteose, deslumbramento e afirmação da nova

riqueza noctívaga e urbana, que o remete desde então, para um fim utilitário de propaganda, escondendo-se deste modo, as suas reais potencialidades enquanto material disponível à escultura ou à escrita literária.

 

Material de luxo de designers e arquitetos, o néon tem sido utilizado como suporte e ornamento, e só raramente é utilizado por artistas como fim em si mesmo: o da produção artística.

 

Na Europa desde os anos 60, podemos encontrar experiências bem sucedidas de diferentes propostas artísticas em néon, que vão desde a expressões pop com Ryan às

Instalações de Mario Mertz, que revitalizam os recursos e as suas potencialidades expressivas.

 

Podemos encontrar desde 1962-1967 / N.Y. com Billy Apple, Stephen Antonakos, Chyrssa,ou Cassen-Stern, propostas pioneiras do uso do néon , incluindo Paul Seide, Toby Buchman, Brian Coleman,, Michael Pinciotti, Roger Vilder, Lili  Lakich  e Tom Ancona. No entanto é com Keith Sonnier que a investigação se revela fecunda e inovadora, pois este artista revela-nos a singularidade linear do material.

 

O NÉON é um material disponível, uma escultura a realizar.

 

© silvestre pestana (2001)

Aside | This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s